A média do Indicador ESALQ/BM&FBovespa do boi gordo (estado de São Paulo) em junho, de R$ 121,70, superou em 5% a de dezembro/13 e em 15,5% a de junho/13, já descontando-se a inflação do período (IGP-DI de maio/14).

Para o bezerro, as valorizações reais foram ainda maiores, de 18,8% frente a dezembro/13 e de expressivos 24,4% sobre junho/13, com o valor médio do Indicador ESALQ/BM&FBovespa (Mato Grosso do Sul) passando para R$ 1.037,99 no último mês.

Quanto à carne, a carcaça casada de boi negociada no atacado da Grande São Paulo está 1,8% e 16,6%, respectivamente, mais valorizada, a R$ 7,86/kg na média de junho/14.

Segundo pesquisadores do Cepea, a oferta restrita tanto de animais para reposição como para abate – ocasionada pela seca no Centro-Sul desde o início do ano – explica as variações mais expressivas neste ano. Para a carne, o bom desempenho das exportações no primeiro semestre deste ano contribuiu para enxugar a oferta interna e sustentar o movimento de alta das cotações.

Ver Todas